Passeio com Crianças: Nossa visita ao L´Entrecôte d´Olivier

No último fim de semana fomos conhecer o restaurante L´Entrecôte d´Olivier, do famoso chef francês e apresentador do canal GNT, Olivier Anquier. Eu já queria ter ido há muito tempo, mas precisou se tornar desejo do Pedro para enfim irmos (quem nunca?! Mães…!)

Ele pediu no Natal, como um dos presentes! E porque um menino de 7 anos tinha como pedido de Natal ir a um restaurante!? Certamente não para comer! A vontade dele era ir até o restaurante e conhecer o próprio Olivier.

A mãe aqui é uma viciada em programas culinários, e Pedro herdou o vício. Sempre assistiu comigo (antes de estudar de manhã é claro, hoje não agüenta mais!). Ele conhece por nome todos os apresentadores de programa culinário do canal GNT, por exemplo!

Bom, acabei levando ele em outro restaurante com nome bem parecido aqui em São Paulo, porque passamos em frente e eu confundi! Daí no meio do almoço ele pergunta pro garçom:

– Por favor, o Olivier está?

O garçom respondeu que aquele não era o restaurante do Olivier, e eu (e ele) ficamos com cara de tacho!

Daí no Natal, ele pediu pra irmos no restaurante certo,o L´Entrecôte d´Olivier,  porque ele queria conhecê-lo, e ir até a cozinha vê-lo cozinhar! (gente, foi muito difícil explicar que o restaurante era do chef, mas não era ele quem cozinhava!!!)

Não conseguimos ir no Natal, e resolvemos fazer uma surpresa agora, na semana do aniversário!

Por sorte, um amigo virtual, que conhece o Olivier, viu a história da confusão da primeira vez  e comentou com o chef, que se prontificou a conversar com ele numa visita!

No dia que escolhemos ir, mandei uma mensagem e o Olivier disse que estaria lá no domingo, mas não sabia o horário. Fomos na sorte. Almoçamos, comemos a sobremesa, cafezinho, e nada. Quando estávamos pagando a conta, Olivier entrou pela porta.

Pedro ficou eufórico. O chef foi primeiro a uma mesa onde estavam cantando parabéns, e depois veio falar com o Pedro. Eu nunca vou esquecer a emoção do meu filho.

Olivier perguntava pra ele coisas simples do tipo,quantos anos ele tinha, se ele achou a batata frita a melhor do mundo(rs), etc… Ele não conseguia responder. Tiraram uma foto, e logo ele saiu. Foi rápido, uns 5 minutos. Mas o suficiente para fazer a alegria do meu menino!

Saímos do restaurante e, agora, ele não parava de falar: “nossa mãe, fiquei muito nervoso”, “caramba, eu não consigo tirar o sorriso do rosto”…

Parece uma coisa bem banal, mas para um menino de sete anos, conhecer uma pessoa que ele vê pela TV, que admira, que acha o máximo…foi emocionante!E pra essa mãe aqui… nem te conto… São memórias como essas que quero deixar gravadas no coração dele. Memórias de emoções. De momentos.


Bom, mas, aproveitando o post, muita gente conhece, mas muuuuita gente me perguntou sobre como era o restaurante, que tinha curiosidade, etc. Então, vou aproveitar e contar aqui! Já entra no tema “passeios com crianças” do blog!

O restaurante é uma graça, pequeno, aconchegante, mas sem frescura. Isso chamou muito nossa atenção! Atendimento impecável, desde a reserva (que fiz pelo site no mesmo dia logo pela manhã, e recebi um telefonema mais tarde para confirmação), até os garçons.

(é bom lembrar que fazer a reserva facilita sua vida, já que quando saímos, a fila de espera estava enorme!)

O restaurante tem um conceito de Menu Único, ou seja, só serve o que vou te mostrar!

Esse menu é o composto por: uma salada de folhas com tempero característico francês de entrada e um entrecôte regado com o molho “da tia Nicole” acompanhado de batatas fritas à vontade como prato principal! O menu sai a R$78,00.

Couvert

Como couvert, pãezinhos sensacionais (não esperava menos de um restaurante de um padeiro! É, você sabia? Olivier é  padeiro, pena que suas produções como tal não são mais encontradas!) e quentinhos, que agradaram não só a nós…

 

Entrada

Uma salada de folhas e nozes regada com molho característico francês ,muito saborosa.

Olivier (8)

 

Prato Principal

Entrecôte com batatas fritas, que aliás, são servidas a vontade. Essa batata me fez lembrar muito de quando eu era criança, minha mãe (que ainda fazia frituras, hoje já não faz mais!) fazia desse jeitinho, batata fininha e crocante! Olhando o prato quando chegou eu falei: “nossa, quanto, não vou repetir as batatas”… mas…

Olivier (1)

Entrecôte é o corte de carne nobre e tipicamente francês de carne bovina, que nada mais é que um bife!(por isso Olivier diz que seu restaurante serve o melhor “bife com batatas frias” do mundo”), O ponto da carne, é você quem escolhe, e chega à mesa do jeitinho que você pedir. Estava macio, suculento, saboroso… Ai…

O “molho da tia Nicole”, que banha a carne, é sensacional. Segundo Olivier, é uma receita de família, de sua tia francesa, Nicole,o que confere ao entrecôte aquele toque especial. Diz a lenda que ele não revela a receita a ninguém, ele mesmo vai aos restaurantes às 4 da manhã, sozinho, para preparar o molho, sem nenhum funcionário, e já deixa preparado para um determinado período… (será verdade ou jogada de mkt!? rs não sei!) PS: pedi uma porção de molho extra, e fui gentilmente atendida!

Obs: Não há prato kids. Porém o garçom foi super atencioso em dizer que traria um prato com batatas para o Pedro e que eu poderia dividir a carne com ele, pois a quantidade de um prato (200g de carne) seria muito para a criança. Achei muito, muito bacana ele não ter empurrado um prato para o Pedro ( o que já aconteceu em muito restaurante!) apenas para vender mais um prato. Realmente, a porção de carne é generosa, e mesmo dividindo com o Pedro foi mais que suficiente! Fiquei satisfeitíssima!

Sobremesa

Não poderia sair de lá sem provar a sobremesa mais famosa do cardápio (sim, o prato é único, mas as sobremesas não são!rs). A Mousse Royal de Chocolate. Uma mousse não muito doce, geladinha, e preciso dizer, peça pra dividir, a porção é generosa! DELICIOSA! Não tenho foto da sobremesa em si, pois acabei resolvendo filmar na hora que o garçom veio servir…(veja o vídeo no Instagram!) Mas, teve pituquinho que nunca tinha comido doce (e eu sei que não deveria), mas ficou muito desesperado vendo aquele prato, e papai deixou provar… Alguém duvida que gostou!?

 

Eu amei o restaurante, não é um restaurante baratinho, mas vale para ocasiões especiais! Também não é voltado para o público infantil, mas as crianças são bem vindas , e estava cheio delas por lá!


 

L´Entrecote d´Olivier

Endereços:

Rua Dr. Mário Ferraz, 17 Itaim Bibi – São Paulo-SP

Al. Lorena, 1821 Jd Paulista, SP

 

 

  • Atendimento 10
  • Comida 10
  • Gasto $ 7
  • Próprio para criança 7

Avaliações dos Usuários

5 (2 Avaliações)

Resumo

9Pontuação

Excelente.

Larissa Paganini

Larissa Paganini, mãe do Pedro (7 anos) e do Enrico (1 ano). Formada em Hotelaria, e Pós Graduada em Eventos, descobriu o melhor da vida: cuidar dos seus filhotes. Apaixonada por culinária,chocolate e cheiro de filho!

1 Comentário para "Passeio com Crianças: Nossa visita ao L´Entrecôte d´Olivier"

  • Elaine Matsubara 17 de maio de 2016 (16:05)

    Muito boa a dica, com muitos detalhes importantes descritos! Parabéns

Clique para Comentar!