Foz do Iguaçu com crianças – Cataratas e Itaipu Binacional

Passamos o feriado de Páscoa em Foz do Iguaçu. Já adianto que nesse post vou contar como foi o nosso feriado, e os passeios que fizemos, mas que, Foz do Iguaçu tem muito mais a se fazer que estará aqui!

No fim do post, vou listar alguns dos passeios que achei interessante para uma próxima vez, e que não deu tempo de fazermos!

Começo contando que, essa nossa viagem, foi planejada pensando no Pedro, que estudou recentemente tanto sobre as Cataratas como sobre Itaipu. Já queríamos fazer esse passeio, e então quando surgiu a oportunidade ( uma promoção na Decolar.com) achei que seria ótimo para ele ver de perto o que aprendeu na apostila! Tirar do papel sabe? Adoro isso!

Bom, nossa viagem foi muito corrida. Saímos de São Paulo na quinta a tarde, e voltamos no domingo de manhã bem cedo, então tivemos apenas 2 dias (sexta e sábado para passear). Já sabíamos que queríamos visitar as Cataratas e Itaipu, e comprei no mesmo pacote de vôo e hospedagem, os ingressos para as duas atrações. Uma em cada dia.

Como fechamos o hotel Bourbon Cataratas Resort nesse pacote, optamos por fazer apenas esses dois passeios, e curtir o hotel, e foi uma decisão super acertada. Apesar de saber de inúmeras atrações disponíveis na cidade, a gente não queria uma viagem corrida e cheia de compromissos. Era só um feriado, e preferimos fazer as coisas num ritmo mais lento.

Como eu disse acima, ficamos no Hotel Bourbon Cataratas e vou falar sobre ele nesse post aqui. ( em breve)

CATARATAS DO IGUAÇU

Considerada uma das Sete Maravilhas do Mundo Natural, são um conjunto de quedas d’água, localizada entre o Parque Nacional do Iguaçu, Paraná, no Brasil, e o Parque Nacional Iguazú em Misiones, na Argentina, na fronteira entre os dois países.

Pedro em alguma matéria teve as Cataratas na sua apostila, e uma vez brincando no google Maps em casa, ficou fascinado quando viu as Cataratas. Não é pra menos. Realmente uma coisa linda de se ver.

tinha até um arco-iris para completar a vista!

No dia da nossa visita, uma sexta-feira Santa, feriado, estava muito lotado! Muito mesmo! Os funcionários comentaram que, durante a semana, ainda tem bastante gente, mas que são dias mais tranquilos de visita. Mas, se você como eu, dificilmente vai poder fazer a visita numa semana qualquer, não se desespere. Apesar de cheio, deu pra curtir o passeio tranquilamente.

O complexo todo é muito organizado, desde a entrada, com muitos funcionários dando orientações. Eu já havia comprado os ingressos pela internet, e estava com um voucher que precisei trocar pelo ingresso físico lá na hora.

Não entendi direito a política de prioridade deles, mas os funcionários me encaminharam sempre para filas preferenciais por estar com crianças (ainda que os meus tenham 4 e 10 anos!). Mas, agradeci, e percebi que outras famílias também eram encaminhadas à prioridade.

Quando você passa a entrada e dá seu ingresso, você entra numa fila para pegar o ônibus, que vai passando pelas paradas no caminho. Além de vislumbrar as quedas d’água, existem outras opções pagas à parte para complementar o passeio, como passeios de barco pelo rio Iguaçu, rafting, trilhas… Não fiz nenhum desses por não considerar próprios para as crianças, mas daí vai do perfil da sua família! Aliás, nós nem descemos pelo trilha que dá nas Cataratas, uma caminhadinha que eu já sabia que Enrico não aguentaria… Apesar de dizerem ser bem legal porque tem mirantes pelo caminho, eu não tava afim de stress, e sabia que rolaria, porque Enrico não curte andar.

Observação: eu vi gente com carrinho lá, mas adianto, não é um lugar de acessibilidade boa, em vários pontos você não consegue chegar de carrinho ( principalmente se for um dia de super lotação como um feriado) então, não recomendo que vá de carrinho.

Fomos direto para a parada onde se tem acesso a um elevador panorâmico que nos leva ao mesmo ponto que a trilha levaria! De lá, tem um mirante que nesse dia estava empinhocado de gente e custou pra conseguir uma fotinho!!!rs

foto tirada pelos fotágrafos oficiais pela bagatela de R$30,00, mas só entregam impressa…não achei lá aquelas coisas…mas fiquei com medo de não conseguir uma foto dos 4!

Depois, descemos mais e fomos numa passarela que adentra um pouco o rio e a gente consegue ficar um pouco mais perto e ter uma visão de outro ângulo! Nessa foto dá pra ter noção de como estava lotado nesse dia!

Ali, você pode se molhar um pouquinho, eu não tava afim, e coloquei a capa que tinha levado, Enrico também optou pela capa, já o marido e o Pedro não quiseram usar. Logo secaram!

Voltando no elevador e seguindo em direção ao ponto de ônibus para voltar, tem uma praça de alimentação e restaurante, além de algumas lojas, mas confesso que nós nem chegamos a entrar porque não íamos almoçar então resolvemos entrar logo na fila do ônibus que estava grande.

Antes de eu ir, eu tinha muita dúvida sobre quanto tempo gastaria nesse passeio, e por isso até, não coloquei outros passeios na minha lista, mas foi rápido. Mesmo com lotação de feriado, enfrentando algumas filas para troca de ingresso e pegar ônibus nos dois sentidos, gastamos 2h30 por lá. (só pra ir ver as Cataratas, não fizemos nenhum passeio à parte por lá).

Uma dica importante: fomos de UBER, pois o transfer que estava incluído no nosso pacote (do aeroporto pro hotel) cobrava R$60,00 por pessoa para ir até as Cataratas. O UBER saiu R$19,03 !!! Mas, na volta, tivemos que pegar um TAXI, pois não conseguimos sinal de internet de jeito nenhum dentro do Parque Nacional, andamos pra lá e pra cá, reiniciamos o celular e nada. O jeito foi pegar TAXI , que ficou uma fortuna (perto do UBER): R$50,00. Ainda assim, ida e volta ficaram mais em conta do que o transfer, então, vale a pena até pensar naquelas viagens agendadas do UBER para a volta.

USINA HIDRELÉTRICA DE ITAIPU BINACIONAL

Itaipu é uma usina hidrelétrica que aproveita a força do Rio Paraná, compartilhado por Brasil e Paraguai. É a maior geradora de energia do mundo!!! Todo o recurso obtido através dos ingressos, além de manter a operação sustentável, é investido no Parque Tecnológico Itaipu (PTI), um local que atrai, desenvolve e promove a sinergia entre empresas, centros de pesquisas, laboratórios e instituições de ensino. Todos os dias, passam pelo PTI cerca de 6 mil pessoas.

Fonte: informativo Itaipu Binacional

Nós fizemos a Visita Panorâmica, onde passeamos a bordo um ônibus de dois andares, com audioguia e guia presencial, visitando os pontos importantes e contando a historia da Itaipu.

Aliás, gostaria de registrar nossa admiração pela organização dessa parte turística. Todos os guias falando português, espanhol e inglês, todos os funcionários muitos cordiais, tudo muito organizado.

Uma vaia para os turistas que estavam no ônibus com a gente que não paravam de falar um minuto, grupos barulhentos que atrapalharam muito, não conseguíamos ouvir os áudios do ônibus direito, isso foi muito frustrante!

Foi um passeio interessante pela grandiosidade do lugar, para o Pedro ver de perto como é uma hidrelétrica, e meu marido ficar boquiaberto com tamanha estrutura e tecnologia construída nos anos 70! Coisa de primeiro mundo!

Já para Enrico, foi apenas um passeio de ônibus com muito vento na cara( PS: mulheres, prendam os cabelos! quando eu falo muito vento, é MUITO vento!rs), então chegou uma hora que ele cansou, se acomodou no colo do Pedro e por ali ficou um tempo!

Resumindo, é um passeio super interessante para crianças maiores e adultos, mas para os pequenos acho que não vale a pena.

Por outro lado, existe também ali por perto outros dois passeios: Itaipu Refúgio Biológico e Itaipu Polo Astronômico, que podem ser mais interessantes.

Como eu disse, fizemos a Visita Panorâmica, mas ha outro tipo de visita, a chamada Circuito Especial, que é uma visita mais aprofundada, vendo de perto todo o funcionamento, porém, essa só é permitida para maiores de 14 anos.

Bom, esses foram os dois passeios que fizemos em Foz do Iguaçu, pois como eu disse anteriormente, era o foco dessa viagem. Estávamos hospedados num resort e queríamos curtir um pouquinho do feriado também!

Mas, abaixo, segue uma lista de outros passeios que eu vi, e achei interessante, e muitas pessoas recomendaram! E que vão ficar para uma próxima visita! Já tem dois hotéis que quero conhecer: Mabu Resort e Belmond Cataratas!

  • Parque das Aves: o campeão e indicações, o maior viveiro de araras da América do Sul, com mais de 1320 aves de 143 espécies diferentes.
  • Cataratas Argentina: visitar as cataratas pelo lado da Argentina, li em vários lugares que a experiência é diferente e super interessante, pois tem passarelas distribuídas em cima das quedas d’água.
  • Marco das 3 fronteiras: como o nome diz, o local da tríplice fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai. Tem shows noturnos no local.
  • Complexo Dreamland: reune 4 atrações, o Museu de Cera, Maravilhas do Mundo, Vale dos Dinossauros e Dreams Ice Bar. É o mesmo complexo que tem em Gramado. Nosso tempo era curto e não fomos, mas acho que vale muito a pena com crianças!
  • Museu 3D: uma tia foi a esse museu e disse que é muito legal! as fotos ficam super legais!

Esses são apenas alguns, pois descobrimos que Foz do Iguaçu tem muita coisa pra se ver! Fora a oportunidade de conhecer mais dois países com facilidade, já que está na fronteira com Paraguai e Argentina.

No meu hotel eu só via o pessoal chegando cheio de sacolas de compras do Paraguai! Mas pra mim, esse é um tipo de passeio que eu não faria com crianças! Seria mais interessante se tivesse mais adultos conosco para nos revezarmos. Eu vi pais que saíam durante o dia para os passeios ( compras, acredito) e deixavam as crianças com a recreação do hotel, mas presenciei uma criança desesperada pedindo pela mãe , as 15h, e as tias falando que estavam tentando localizar os pais desde as 12h e nada… eu não tenho coragem! Não tinha acontecido nada, ela só não queria mais ficar com os tios, queria a mãe… mas enfim…

Print Friendly, PDF & Email

Sem comentários para "Foz do Iguaçu com crianças - Cataratas e Itaipu Binacional"

    Clique para Comentar!