As cólicas do bebê

 

Um dos assuntos mais temidos, e também acho que mais comentados entre as mamães de recém nascido são as CÓLICAS!

Primeiro, precisamos entender que as cólicas são causadas pela imaturidade do intestino, que ainda está em formação. Por isso, para alguns bebês são mais intensas, para outros menos, e alguns nem chegam a ter. Ela costuma aparecer a partir dos 15 dias de vida e duram aproximadamente até o terceiro mês.
Não há nada comprovado de que a alimentação da mãe influencie no surgimento das cólicas, (salvo pela lactose, que pode ou não causar o aparecimento das malditas!) Mas tirando o científico, na prática, muitas mamães relatam pioras dos sintomas quando consomem alimentos causadores de gases (feijão, repolho, brócolis, chocolates, etc…)

Eu particularmente, nos três primeiros meses do Enrico, tentei tirar a lactose do meu cardápio, mas não consegui com muito sucesso! Tomei leite com baixo teor de lactose (isso porque o marido quem estava indo ao mercado, e comprou por engano, achando que era Zero Lactose) Ainda assim, tomava só pela manhã, e evitava tomar todos os dias.

Enrico não teve cólicas TODOS OS DIAS, desde que chegou em casa da maternidade, ele tinha muitos gases, se contorcia, fazia força, soltava e passava .
Em ALGUNS desses dias, a coisa ficava um pouco pior, perninhas mexendo sem parar, fazia força, ficava vermelho, e chorava… acalmava um pouco com a chupeta, mas logo já não adiantava mais. Depois acalmava no colo, e logo, não adianta mais. Enfim…

Pedro tinha isso, e chorava INCESSANTEMENTE todos os dias! Enrico pelo menos, tem dias tranquilos!

Esses produtos são os que usei em casa. LEMBRANDO SEMPRE QUE VOCÊ SÓ DEVE USAR QUALQUER MEDICAMENTO SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA, FALE ANTES COM SEU PEDIATRA!

Produtos que eu usei com o Enrico

Produtos que eu usei com o Enrico

Todos esses que estão na foto foram indicados pela minha pediatra, dosagem, horários, etc…

Luftal: remédio para gases, acho que bem conhecido de todo mundo!

Funchicórea: É um pózinho fitoterápico que tem em na sua fórmula folhas de chicórea, raiz de ruibarbo e flores de funcho. Tem também a sacarina, que causa o sabor adocicado ao remédio, o que é condenado por vários médicos. Ela é usada desde os anos 70, muitas de nós já tivemos a chupetinha molhada no pozinho milagroso! A minha pediatra indicou, desde que usada corretamente, doses e horários certos, (não pode ser dado num intervalo menor de 4h). Pedro sempre usou, porque eu não conhecia os dois próximos itens.
É bom lembrar que a a Funchicórea teve o cancelamento de seu registro pela ANVISA em 2012, por falta de comprovação da eficácia e da segurança do fitoterápico. Mas foi liberada posteriormente.
Para o Enrico teve um efeito instantâneo de acalmá-lo quando está num choro desesperado!

Colic Calm: você já deve ter visto muito nos Instagrans e blogs maternos e do pessoal que vende produtos importados para crianças! É um remédio fitoterápico que leva em sua composição camomila, erva doce, cominho, pimenta, gengibre, babosa, erva cidreira, e carvão vegetal. Segundo o fabricante atua no alívio de cólicas, gases e desconforto estomacal! Estou gostando bastante, acho que dá uma aliviada.

Bolsa térmica de sementes: Essa eu ganhei de uma amiga querida, e veio de fora, mas pesquisando na internet vi que dá pra comprar por aqui, tem inclusive no Elo7.
Essa minha é uma bolsa de linhaça, você aquece no microondas e coloca na barriguinha do bebê. Também funciona, dependendo da intensidade da dor!

O que eu percebi é que, todos eles funcionam, depende do dia, e depende da dor. Tem dias, que nem usando todos a coisa melhora. O que li a respeito é que todos esses itens ajudam a aliviar os sintomas, mas a cólica tem seu tempo certo de duração, e tem dias que nada funciona mesmo!

Bom, e por ai? Como tem sido ou foi esse período? Conta pra gente!

Print Friendly, PDF & Email

Larissa Paganini

Larissa Paganini, mãe do Pedro (7 anos) e do Enrico (1 ano). Formada em Hotelaria, e Pós Graduada em Eventos, descobriu o melhor da vida: cuidar dos seus filhotes. Apaixonada por culinária,chocolate e cheiro de filho!

Sem comentários para "As cólicas do bebê"

    Clique para Comentar!